Informações indispensáveis sobre:

  • Câmara fria;
  • Walkin cooler;
  • Acessórios pertinentes.

Câmara fria para carnes

A característica basilar da Câmara Fria para Carnes reside em sua capacidade de manter as propriedades nutrícias das carnes que serão armazenadas, então, antes de prosseguirmos é fundamental o conhecimento dos aspectos nutricionais.

 

A carne é fonte de proteína, portanto muito importante para o nosso corpo, é um alimento que não tem substituto e contém vitaminas que não são encontradas em nenhum outro. Uma alimentação saudável, segundo a excepcional matéria publicada pelo Diário Catarinense, deve ser composta de vitaminas, minerais e macronutrientes como gorduras, proteínas e carboidratos. Excluir qualquer uma dessas fontes pode prejudicar o funcionamento do organismo.

 

Quando consumida na quantia correta, a carne vermelha contribui para o bom funcionamento do nosso corpo. Alimentar-se de maneira equilibrada consiste de consumir alimentos variados, incluindo carne branca, vermelha, peixes, laticínios, frutas, grãos e vegetais.

 

Como dito a função da Câmara fria para carnes é conservar os nutrientes e, entre os principais nutrientes da carne destacam-se, além das proteínas, a vitamina B12, o ferro e até mesmo as gorduras saturadas. A carne suína, de aves, caprina entre outras pode apresentar características diferentes, mas todas têm grande valor nutricional. Com o desenvolvimento da técnica de criação dos animais, atualmente a carne apresenta menor teor de gordura e colesterol e maior segurança de higiene e transmissão de doenças do que décadas atrás.

Camara fria para carnes armazena carne bovina

Os principais componentes da Câmara fria para carnes

 

Resumidamente pode-se dizer que uma Câmara fria para carnes é composta pelos itens relacionados na sequencia, então é essencial atentar-se para o descritivo técnico, verificar detidamente a menção a estes itens, caso contrario tratar-se-á de um produto incompleto, então vejamos:

 

  1. Modulo frigorifico: o próprio gabinete, confeccionado em painel frigorífico do tipo desmontável;
  2. Porta frigorífica: o acesso ao interior, seja do modelo giratória ou do modelo corrediça;
  3. Equipamento de refrigeração: responsável pela produção do frio, encontrado em duas versões: split system ou compacto frigorífico.
Camara fria para carnes

Outras aplicações da Câmara fria para carnes

 

As Câmaras frias para carnes estão aptas a atenderem aos mais diversos tipos de usos e também a todas as necessidades, para tanto basta incorporar os acessórios adequados e próprios para aplicações especificas, de acordo com a descrição a seguir:

 

  •  Câmara fria para sementes: agrega desumidificador;
  • Câmara fria para amadurecimento artificial de frutas: inclui umidificador, rede de etileno, boqueta exaustora;
  • Camara fria para cadáveres: inclui estrutura para empilhamento dos corpos e macas móveis;
  • Câmara fria para ostras: incorpora um sistema para aspersão d’água;
  • Câmara fria para ensaios climáticos: requer refrigeração, aquecimento, umidificador, registro gráfico;
  • Entre inúmeras outras aplicações.

 

Vislumbrando, no futuro, uma eventual mudança de endereço comercial é bastante relevante escolher os componentes da Câmara fria para carnes que apresentem uma maior robustez, desta forma quando acontecer a desmontagem e montagem da câmara fria nada sera perdido, então compreende-se que componentes duráveis permitem o total reaproveitamento.

© 2018 fria-camara, tudo sobre câmara fria e walkin cooler. Todos os direitos reservados